in ,

5 alimentos feitos de forma nojenta que você ama comer

Vocês gostam de salsicha?

Tempo de leitura: 7 minutos
Inscreva-se no Topster5

Olá pessoal, Anderson di Aguiar aqui mais uma vez pra falar de 5 alimentos feitos de forma nojenta ou de origem duvidosa que a gente gosta de comer ou beber.

Sabe aquele cachorro quente da hora que a gente gosta de comer? E quando vem acompanhado com refri? Nossa, é bom demais né? Com batata-frita então… nem se fala!

Mas você já parou pra pensar como são feitos e quais produtos eles usam no processo? Fica ligado que hoje eu vou mostrar pra vocês!

Então gente, o produto principal do hot dog é a salsicha, claro. E quem aqui não gosta de salsicha? A maioria gosta, certo?

5. Mas como é feita a salsicha, o que tem dentro dela?

Geralmente a indústria usa cartilagem, ossos e restos de outras carnes para fazer salsicha. Já faz um tempo que a indústria resolveu que dava pra faturar muito mais com isso. Então eles tiveram a ideia de aproveitar as aparas dos animais, ou seja, restos e miudezas que sobravam após removerem os lombos, pernas, costelas e bifes.

Veja só o que a Organização para a Alimentação e Agricultura, das Nações Unidas explicou o significado de aparas:

Os materiais de carne crua usados para produtos pré-cozidos são aparas musculares de baixa qualidade, tecidos gordurosos, carne da cabeça, patas e peles de animais, sangue, fígado e outros subprodutos comestíveis do abate.

E aí, ainda tem coragem de continuar comendo a salsicha?

Pois então, além disso as sobras usadas em salsichas quase sempre possuem muita bactéria, por causa justamente do processo de abate!

E para tentar acabar com elas, eles então realizam o pré-cozimento, mas quem garante que elas morreram hein?

E as salsichas mais caras?

Dizem que as salsichas mais caras são de carne de primeira e sem produtos químicos. Mas a maioria das salsichas tem um preço acessível, logo elas recebem produtos químicos, gorduras e espessantes.

O processo para a maioria delas é simples, primeiro as aparas são moídas numa máquina e depois eles adicionam restos de galinha, as máquinas misturam tudo até ficar uma massa gigante de carne.

Em seguida eles adicionam nesta mistura sal, amido, água, xarope de milho e também corante vermelho. Este corante é feito com cochonilhas, um inseto minúsculo que é cultivado justamente para dar a cor vermelha aos danones, gelatinas e as salsichas!

Mas atenção! O consumo excessivo de salsicha pode aumentar os níveis de colesterol e desenvolver doenças cardiovasculares. Mas não é só isso gente, os muitos aditivos presentes na salsicha sobrecarregam o fígado, e se isto acontecer ele não consegue eliminar estes aditivos do jeito certo!

Além disso, o consumo exagerado de carnes processadas como a salsicha, pode aumentar o risco de várias doenças crônicas como pressão alta, câncer no estômago e no intestino, doença no coração e também no pulmão!

Então gente, se não for possível parar, pelo menos que a gente diminua o consumo de salsicha, ok?

4. Refrigerantes também estão entre os 5 alimentos

Agora, quando a gente fala de lanche, fast food, automaticamente pensamos no maldito refrigerante. A gente sabe que faz mal, mas ainda assim continuamos a beber né? Eu falo por mim tá?

A verdade é que o refrigerante é uma das bebidas mais consumidas no mundo todo, mas acredito que poucos conhecem seus ingredientes de fato!

Basicamente o refri é uma bebida industrializada, não-alcoólica, não fermentada à base de água mineral, gás carbônico e açúcar. Alguns deles também podem conter extratos, corante e aroma artificial de frutas. Esta bebida também é rica em conservantes com grande quantidade de açúcar e sódio. Nas versões light e diet, os níveis de açúcar são menores! Será mesmo?

Outros ingredientes estão presentes nos refrigerantes, como acidulante, antioxidante e dióxido de carbono.

Mas a triste notícia é que os refrigerantes não têm nenhum valor nutricional além das altas quantidades de sal, como eu já falei anteriormente. O que favorece a retenção de líquidos, aumento de peso, barriga estufada e pernas inchadas.

Mas um dos maiores vilões entre os ingredientes do refri é o delicioso açúcar. É isso mesmo! Uma lata de Coca-Cola, por exemplo, tem cerca de 7 a 8 colheres de chá de açúcar. Por isso o consumo de refrigerante aumenta muito os níveis de açúcar no corpo e diminui a ação da insulina. Então, quando ingerido com frequência, o refrigerante pode favorecer o aumento de peso e também o desenvolvimento de diabetes!

Por isso, se você ficou com vontade de largar o refrigerante, mas tem dificuldade, beba água com sabor. Pois geralmente neste caso, você pode misturar suco natural de frutas na água com gás.

3. Batatas-Fritas

Agora, outro alimento que faz parte deste coquetel mais conhecido como combo é a batata-frita! Ela também está bem presente no cardápio tanto de crianças quando de adultos, e para ajudar no consumo, agora elas são vendidas congeladas nos supermercados!

Mas como elas são feitas? Qual o processo que elas sofrem?

Na verdade, tanto as batatas dos restaurantes de fast food quanto as congeladas, recebem ingredientes artificiais no seu preparo!

Então, não pense que elas são cortadas, fritas e já enviadas para os nossos pratos! Dentre os ingredientes podemos citar o óleo de cártamo, dimetil polissiloxano, que é um tipo de óleo de silicone, derivado do petróleo, dextrina, pirofosfato de sódio, ácido cítrico e goma xantana que também é derivada do petróleo!

Agora pensa nesse combo com todos estes ingredientes sendo processados pelo nosso estômago, pelo fígado, rins e intestino? Imagine o esforço do coração bombeando sangue pra tanto trabalho! Será que estamos sofrendo por dentro?

2. Miojo

Outro vilão da gastronomia prática e rápida é o miojo. Ô troço fedido do meu nojo!

O que tem de gente comendo miojo por aí com preguiça de cozinhar não dá pra contar!

O macarrão instantâneo está entre os 5 alimentos e nasceu em 1948 em Taiwan, foi considerado a invenção mais importante pós guerra pelo Japão e em 2005 a Nissin criou uma versão especial para ser consumido no espaço pelo astronauta japonês Soichi Noguchi, durante uma missão espacial da nave Discovery.

Mas apesar de ser muito popular e fazer muito sucesso entre muitos, o miojo tem lá os seus malefícios!

Estudos realizados nos EUA revelaram que depois de 2 horas de ingerido, o miojo ainda continua intacto no estômago. Só pra vocês terem uma noção, um macarrão tradicional já se encontra em processo de digestão neste mesmo intervalo de tempo!

Na prática, isso significa que o miojo exerce uma forte pressão sobre o sistema digestivo. Assim, o organismo tem que trabalhar fora do normal, para absorver os poucos nutrientes que ele tem.

Um dos ingredientes presentes no Miojo que fazem um estrago no sistema digestivo é o glutamato monossódico. Conhecido como MSG este ingrediente funciona como um excitotoxina, ou seja, ele excita ligeiramente as células nervosas do corpo a ponto de causar sérios danos e até mesmo a morte dessas células. O que pode causar também a disfunção cerebral, doença de Alzheimer, doença de Parkinson e outros problemas de saúde.

O MSG também é conhecida como a droga da obesidade, uma vez que ele também é usado experiências para engordar ratos. Portanto, o ideal é maneirar no consumo de miojo, para preservar o funcionamento do seu sistema digestivo, além é claro, de preservar a sua saúde.

1. A campeão entre os 5 alimentos é a Gelatina

E para finalizar a lista dos 5 alimentos de hoje eu vou falar da gelatina. Hummmm… deu até água na boca né?

Pois então, será que você vai continuar comendo gelatina depois de conhecer o processo?

A gelatina em pó é feita a partir do colágeno proveniente de peles e as vezes de ossos de porcos ou de bovinos. O processo começa com a extração, em seguida com a filtragem, depois a concentração, a esterilização, a secagem e em último é feita a moagem. O resultado é um pó incolor que pode ser aplicado na indústria alimentícia e também na farmacêutica.

Depois destes processos, para criar a nossa sobremesa favorita, eles acrescentam aromatizantes, corantes, açúcar ou adoçante.

Mas embora esta sobremesa seja industrializada, muitos nutricionistas recomendam o consumo de gelatina como uma alternativa aos nossos deliciosos chocolates e doces açucarados!

Por outro lado, alguns especialistas fecham a cara para a gelatina, pois eles dizem que elas têm muito açúcar, corantes e aromatizantes, além de outros ingredientes artificiais, que podem desencadear alergias e irritações no estômago, entre outros problemas.

Mas você não precisa parar de comer gelatina tá? É só comer com moderação que ela não faz mal, combinado?

E você, quais destes 5 alimentos você gosta ou não? Diga aí nos comentários, se inscreve no canal, ativa o sino e compartilha com seus contatos no zap e nas redes sociais!

Bora ajudar o canal gente, a chegar nos 500 inscritos!

Valeu, um grande abraço e até o próximo vídeo!


Você vai curtir este vídeo


A melhor hospedagem para o seu site

Merece 1 ponto seu?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Líderes históricos e famosos recriados com Inteligência Artificial

Líderes históricos e famosos recriados com Inteligência Artificial

5 bilionários da saúde que ficaram mais ricos na pandemia

5 bilionários da saúde que ficaram mais ricos na pandemia